Células

10/04/2018 - Justiça de Deus

ESTUDO DA CÉLULA

      

 

Eu sou a Justiça de Deus

 

Pra. Zilda Silva Borges

 

 

09 de Abril de 2018.

 

  RESUMO DA MENSAGEM

 

Texto: Romanos 3:21-26. Toda a humanidade foi contaminada e condenada, destinada a ter uma natureza maligna através do pecado, do primeiro Adão, e todos fomos destituídos da glória de Deus, sem distinção. A morte reinou no homem. Mas esta não era a vontade perfeita do Pai, ele nos criou à sua imagem e semelhança, para reinar aqui na Terra em perfeita comunhão com ele. O sonho de Deus era que os homens fossem jovens, fortes e saudáveis, mas o homem escolheu desobedecer e então, através do amor incondicional do Pai, fomos resgatados, quer dizer, comprados através do sangue de Jesus, derramado para a remissão  dos nossos pecados.

 

Jesus é o plano perfeito; quando cremos no seu sacrifício somos recriados instantaneamente e recebemos um dom gratuito, o dom da justiça de Deus, que é abundante vida pela fé. Somos agora uma nova criatura, as coisas velhas passaram e tudo se fez novo. Jesus na cruz escreveu uma carta ao Pai; esse é o meu pagamento por eles, não são mais escravos do diabo, ele rasgou a cédula da morte e perdoou os nossos pecados do passado, do presente e do futuro, até irmos definitivamente para a casa do Pai.

 

No monte das Oliveiras, Jesus foi transfigurado (Mateus 17:2). De um lado estava Moisés representando a lei, do outro Elias, os profetas, e Jesus no meio deles representa o dom da justiça que veio para cumprir toda a lei e o plano de Deus que os profetas anunciaram desde a antiguidade, nos tornando filhos de Deus e nos transportando para seu Reino de paz. Somos então uma nação de reis e sacerdotes. A obra de Cristo foi completa perante Deus, portanto, quem crê Nele tem a vida eterna, reina, governa e é justificado, não pelas obras, mas pelo que somos em Cristo, a justiça de Deus.

 

Desde o dia em que aceitamos a Jesus somos completos em Cristo e achamos descanso para as nossas almas.  Quando Adão pecou, a sua ofensa a Deus trouxe a morte e, como consequência,  Deus determinou a lei. Mas Jesus Cristo, o segundo Adão, cumpriu a lei e nos trouxe a graça, através do derramamento de sangue (puro e santo), sem o qual não há remissão de pecados.

 

A bíblia nos diz que o salário do pecado é a morte; na cruz Jesus cumpriu o seu plano de salvação, nos resgatando da maldição da lei e nos transportando para o seu reino eterno (Gálatas 3:13). O reino de Deus em nós faz com que o nosso ser mude em relação às situações que vivemos neste mundo. Quando temos Jesus como alicerce da nossa fé, andamos em amor e em perdão; quanto mais perdoamos, mais amamos, quanto mais amamos, mais nos assemelhamos ao nosso Deus e a nossa vida passa a ter mais sentido, mais alegria, mais abundância, menos angústia, mais e mais da essência de Deus, que é amor e passa a fazer parte de todo o nosso ser, pois somos orientados e guiados pelo Espírito Santo e toda a plenitude da divindade de Deus habita em nós através de Jesus.

 

COLOQUE EM DISCUSSÃO

 

  1. Quando temos Jesus como nosso senhor e salvador o nosso comportamento muda; quais mudanças já houve em sua vida desde que você aceitou a Jesus? (respostas variadas)

 

  1. Quanto mais conhecimento temos da palavra de Deus e aplicamos as suas verdades em nossa vida, mais nos assemelhamos a ele em amor e, por isso, também perdoamos a quem nos ofende e nos magoa. Compartilhe uma experiência em que você perdoou alguém que te magoou ou te ofendeu e como você se sentiu após liberar o perdão para esta pessoa.  

 

  1. A palavra de Deus diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Quais são os sintomas que uma pessoa tem quando se afasta de Deus?
  • Falta de interesse em ler a bíblia
  • Não tem tempo com Deus, não tem um momento de oração
  • Guarda mágoas e ressentimentos
  • Não consegue entender a palavra de Deus
  • Não tem prazer em conviver com os irmãos
  • Rebeldia em relação aos mandamentos

 

  1. Você ainda identifica em sua vida um pecado recorrente que precisa vencer? (respostas variadas)

 

  1. Jesus trocou o nome de Simão, que significa cana, para Pedro, que significa rocha. Jesus mudou o seu nome devido à sua incredulidade; ele não era constante na fé, não tomava posse da sua nova identidade em Cristo. Quando Jesus entrou em sua vida e você se tornou uma nova criatura, você adquiriu uma nova identidade. Você já tomou posse disso em sua vida? Sabe o que isso quer dizer?
  • Vida transformada, deixando as coisas que para trás ficam e prosseguindo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação em Cristo Jesus (Filipenses 3;13).
  • Agir em fé, baseado na palavra de Deus.
  • Viver o evangelho, andar em fé, esperança e amor (Marcos 12:33).
  • Ter a convicção de que você é filho de Deus, tem a identidade de Cristo e o seu destino é morar no céu.
  • Ser manso e humilde de coração.

 

  1. O Que mais esta mensagem falou ao seu coração?

 

AVISOS

 

  • Festa da Páscoa dia 06/05/2018. Esta é uma festa evangelística, traga muitos convidados, participe da evangelização.

 

  • Festa das Três Águas, batismo dos nossos irmãos. Venha celebrar e traga um prato de salgados.

 

CONCLUSÃO

 

Jesus é retratado como Rei Todo Poderoso, vitorioso na guerra e glorioso na paz. Ele não é apenas um humilde mestre terreno.  Ao ler a descrição dessa visão, temos a convicção de que suas palavras são mais que um simples conselho; elas representam a verdade que procede do Reis dos Reis. Deixe que a verdade de Cristo penetre em sua vida, aprofunde a fé que você tem nele e fortaleça seu compromisso de segui-lo, custe o que custar. A volta de Jesus é iminente e todos nós precisamos nos preparar e encher-nos do azeite. Tome posse da sua identidade em Cristo, como nova criatura, como homem recriado pelo sangue de Jesus, que anda em novidade de vida todos os dias, que vence o pecado e que manifesta a glória de Deus pelo seu testemunho de vida íntegra, reta e honesta na presença de Deus. Nesta semana conquiste uma vida pra Jesus.