Células

10/12/2018 - Um mesmo coração para pais e filhos

ESTUDO DA CÉLULA

        

 

 Um mesmo coração para pais e filhos

 

Pr. José Gino Borges.

 

 

11 de dezembro de 2018.

 

  RESUMO DA MENSAGEM

Texto: Malaquias 4:6. Embora vivamos o período da Graça, sabemos que há muito tempo a terra tem sofridos por diversas maldições. Jeremias 31:1 “Naquele tempo, diz o Senhor, serei o Deus de todas as famílias de Israel, e elas serão o meu povo.” Um dos motivos que estamos presenciando é a crescente desestruturação familiar, representada, entre tantos problema,s pela falta de entendimento entre pais e filhos. Deut. 26:16 diz: “Maldito aquele que desprezar a seu pai ou sua mãe...”

No texto de Malaquias está o contexto da vinda do Senhor, a consumação do plano de Deus para a humanidade. Malaquias 4:5 “Eis que eu vos enviarei o Profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor”. Essa vinda do Senhor, porém, ocorrerá num clima de famílias restauradas, havendo um perfeito funcionamento da autoridade divina, onde cada um desempenhará com responsabilidade o seu papel. Afinal de contas: Deus é Pai e somos filhos, ou seja, a família na terra deverá ser o espelho da estrutura eterna da família celestial. O inimigo, sabendo disso, tem investido pesado contra todas as famílias, de modo especial contra o relacionamento entre pais e filhos. Parece quase impossível imaginar uma convivência tranquila entre ambos. Principalmente devido a uma das maiores mentiras inventadas para manter este mal.

O natural “Choque de Gerações”, estabelecido como teoria incontestável, principalmente a partir da Idade Moderna, é uma mentira diabólica que propaga a impossibilidade de os filhos seguirem os mesmos caminhos dos pais. Isso contraria a palavra de Deus, que diz: “Não removas os limites antigos que teus pais fixaram” - Provérbios 22:28. Lamentavelmente, muitos cristãos já se conformaram com a ideia de jovens “serem diferentes” e, infelizmente, na maioria das vezes, uma diferença para pior. Evidências como: 1- Aumento da violência entre os jovens. 2- A irresponsabilidade nos relacionamentos afetivos. 3- O descompromisso com o Evangelho prova que pais e filhos têm que se entender.

O pior é que grande parte desses problemas são desencadeados pelo abandono físico  e emocional a que muitos filhos são sujeitos. Isso mesmo, os pais têm a maior culpa nisso tudo. Essa situação também ocorreu com o povo de Israel em vários momentos registrados na Bíblia (ler Gêneses 9:22, Miqueias 7:6, Romanos 1:30 , II Timóteo 3:2). Precisamos aprender com a história passada e deixar de cometer erros (Deuteronômio 6:7).

Pergunta-se: temos deixados nossos filhos largados? Com isso, outras pessoas, ideias e forças têm conquistado seus corações e mentes, dos distanciando deles. Nossa família estará suscetível às diversas maldições se, como pais e filhos, não voltarmos uns para os outros. Devemos perdoar e pedir perdão aos nossos filhos, lembrarmos das injustiças cometidas contra eles: Abandono, chantagens, falta de tempo. Se voltarmos para eles de todo coração, certamente eles se voltarão para nós. Assim, andaremos juntos nos caminhos do Senhor, vivendo o verdadeiro reino de Deus na terra.

 

COLOQUE EM DISCUSSÃO

  1. Você vive o modelo da família celestial na sua vida? (respostas variadas)

 

  1. O que falta para você ser o espelho da trindade: Deus Pai , Deus Filho, Deus Espirito Santo? (Respostas variadas)

  1. Você tem aplicado Deuteronômio 6:7 (ler o texto) na sua casa com seus filhos, ou tem intenção de fazer isso? (Respostas variadas )

  1. Na sua opinião, por que não somos o reflexo do céu, uma vez que pretendemos morar lá? (Repostas variadas).

 

  1.  O que mais esta mensagem falou ao seu coração ? (Respostas variadas).

 

CONCLUSÃO

Nossos filhos só irão nos imitar se tiverem orgulho de nosso padrão de vida. Não há tempo a perder; voltemos para os nossos filhos nestes dias. Como pais, temos que iniciar esse processo de restauração, dar um basta no choque de gerações. Jesus virá buscar famílias restauradas.


Obs: Não deixe de participar do churrasco da virada, dia 31/12, na Igreja.

Programe-se para isso.